O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

26 de ago de 2010

IGREJA DE CRISTO OU IGREJA INSTITUIÇÃO?

Desde o início da Igreja de Cristo aqui na terra, o Estado de alguma forma interfere na sua existência. Através da perseguição ou da sua regularização. Neste ponto a Instituição Igreja passa a existir sob a batuta do Estado tornando-se oficial e legal.

Talvez os  mais puristas, entretanto ingênuos, acham que a Igreja de Cristo e a instituição são uma coisa só. E pensam que este organismo deve agir de uma forma cristã em todos os seus aspectos.

Mas o que é agir cristãmente para a instituição?

Pagar os impostos, ser justa com seus funcionários, cumprir suas obrigações legais.

Em contrapartida,todos os envolvidos com a instituição tem suas obrigações a cumprir. Sendo contratados, funcionários ou voluntários.  

A igreja não pode ser paternalista. Assistencialista, sim.

Não se pode transformar a Igreja de Cristo ou misturar com um cabide de emprego ou um meio das pessoas explorarem os fiéis como muitos fazem por aí.

A Instituição existe como base para que o espiritual e divino possam agir.

Aliás, Deus agiria da mesma forma sem a instituição. É só voltar a igreja Primitiva e seu funcionamento em catacumbas e lugares escondidos.

Neste ponto, podemos citar "dê a Cesar o que é de Cesar" e "tudo que vier a sua mão, faz bem".

No entanto, existe um choque em alguns momentos que exarcebam a instituição sobre a Igreja de Cristo.

A Igreja é uma democracia, vociferam muitos.

Erroneamente.

A Igreja é uma Teocracia.

Esta linha tênue entre o divino e profano, se funde no sacro-ofício diário em se manter a Igreja de Cristo funcionando institucionalmente, para realizar sua obra de pregar o evangelho a toda criatura, prestar assistência aos necessitados e por este caminho segue.

Muitas pessoas se sentem preteridas ou lesadas nesta relação, e acabam, transferindo para a Igreja de Cristo as decisões institucionais. E em dedo em riste acusam pessoas, questionam ações, berram aos quatro cantos suas frustrações sem olhar para si mesmos ou para seus pares para descobrir onde realmente está o erro ou o motivo de sua frustração.

E desta forma alguns, se movimentam ao ir e vir das ondas e muito menos pensam nas suas ações contra a Igreja Instituição são contra a Igreja de Cristo.

Bem, a partir daí, o Senhor da Igreja é que responde a estas pessoas.

"O Senhor diz: a vingança será minha."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.