O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

5 de nov de 2009

CONTEMPLAÇÃO

No final de semana, estava conversando com uns amigos da banda, e começamos a debater alguns questões mais filosóficas do que superficiais.
É interessante que pontos vistas próximos sejam tão equidistantes quando os colocamos lado a lado.
Ainda mais, quando as nossas relações sociais e culturais moldam como nós interpretamos e entendemos as palavras e situações.
Uma coisa que sempre percebi, é que o que escrevemos fica sempre preso a verdade e intenções que escrevemos.
Quando coloco a palavra dança, cada pessoa terá na mente uma visão disso.
Gene Kelly dançando na chuva ou Michael Jackson dançando Thriller.
Dependerá da sua idade, da sua cultura e da sua formação.
Quando eu escrevo rock, as coisas acontecem da mesma forma.
Quando falo de bebida, uns pensaram em água, outros em Coca-cola e muitos em cerveja gelada.
Os melhores escritores, como Machado de Assis, são detalhistas em seus escritos.
Você quando lê uma de suas obras, vai formando na mente exatamente o ambiente, a situação que está sendo lida.
Não acredito que todo mundo que lê o que escrevo entende da mesma maneira.
Ler proporciona um hábito salutar em pensar, refletir, questionar e agir para mudar algo dentro de você ou fora.
O que não dá é permanecer sendo politicamente correto quando o mundo se desmonta a nossa volta com a nossa contemplação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.