O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

10 de set de 2009

MEXEU COM A XUXA...UI UI UI UI



O fanatismo por celebridades, acaba sendo uma transferência das frustrações próprias, que se "curam" com o sucesso alheio.
Defender celebridades nas suas mancadas, acaba se tornando tão ridículo quanto a mancada original.
O cidadão do vídeo pode se juntar a nefanda Aline Barros e cantar minha rainha para a medíocre animadora de programas supostamente infantis.
Ninguém sabe bem o que se passa na cabeça da loira, mas convenhamos, antes de se aventurar pelo Twitter ou qualquer outra bugiganga de informação, o ideal é aprender como funciona e para que funciona.
Canso de receber perguntas de pessoas esclarecidas, com faculdade e de boa cultura, querendo saber com funciona o Twitter ou para que serve.
Não é uma desgraça desconhecer.
É uma desgraça usar mal e só por ser celebridade, pensar que está imune as opiniões contrárias.
Outro dia, uma pessoa que sigo no Twitter reclamou da baixa qualidade visual e de conteúdo dos blogs.
A democracia virtual permite termos coisas ruins e excelentes convivendo no mesmo local. Cabe a cada um selecionar e garimpar que tipo de informação quer receber ou ler.
Saímos da pré-história da comunicação através de tambores ou fumaça.
Ontem, enquanto chovia em São Paulo vi diversas fotos de twitteiros presos no engarrafamento de 200 quilometros na capital paulista, no momento que acontecia o fato.
Ou quando explodiram vários protestos contra Sarney no Brazil inteiro, recebíamos fotos e avisos a que horas aconteceriam.
Na mesma velocidade que as coisas estão acontecendo, estamos recebendo as notícias.
E na mesma velocidade que as mancadas são expostas, estamos criticando e opinando.
Se tornamos nossas opiniões e visões públicas, nada mais justo que recebamos de volta o contrário ou favorável.
Se alguém quer ficar escondido, que fique escondido em sua mansão, sem twittar, sem postar.
A gente do lado de fora continua a especular e a postar sobre aqueles que dizem que ela é rainha...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.