O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

8 de jun de 2009

OS LEVITAS: REALITY-SHOW DE CRENTE?

6.9. Os participantes cedem e transferem ao Grupo Reuel, de forma irrevogável, independentemente de ratificação posterior, os Direitos conexos aos de autor de natureza patrimonial e quaisquer outros direitos e ações que lhe possam caber e que lhe sejam reconhecidos no futuro, no Brasil e em qualquer outro país, relativamente às suas interpretações ou execuções fixadas nos fonogramas e/ou videofonogramas produzidos em decorrência desse contrato, subentendido nele suas prorrogações e renovações, ficando assegurado ao Grupo Reuel a plena propriedade autoral desses fonogramas e/ou vídeo fonogramas, bem como das suas correspondentes matrizes e suportes materiais que os reproduzam.
6.10. A cessão e a transferência dos direitos de autor dos candidatos ao Grupo Reuel, nos termos acima especificados, confere a mesma a possibilidade de dispor, a seu critério, dos fonogramas e/ou videofonogramas objetos do presente contrato, suas eventuais prorrogações e renovações, bem como dos suportes materiais aptos a reproduzi-los, podendo aliená-los, cedê-los, reproduzir e publicá-los ou autorizar terceiros a fazê-lo, com a limitação de tempo determinado pela legislação em vigor sobre a matéria.
De vez em quando me dedico a assistir programas horríveis. Programas religiosos irritam pela falta de teologia e pelo descaso com as pessoas. Os Levitas da senhora Cassiane e Grupo Reuel faz parte disto.
O texto referido acima é parte do regulamento do concurso os Levitas.
Tinha ouvido falar sobre este reality-show gospel.
è uma aventura assistir CNT. Infestada por programas pseudo-religiosos, que acabam se misturando no 1001 noites que vende
jóias, relógios, etc.
Todos pedem dinheiro.
Uns para lucrar vendendo ouro, e outros para lucrar vendendo indulgências.
Quanto maior a oferta, maior a bênção.
Ajude a manter este programa no ar, dizendo os apresentadores-pastores, sacolejando em seus pulsos e dedos, a ostentação do poder de deus (propositalmente com letra minúscula).
E nesta mesma leva temos este programa Os Levitas, que segundo o site, tem por "objetivo de descobrir novos talentos e difundir a música gospel por todo o Brasil".
E ainda acrescentam "oferecer a excelência e a qualidade, sempre em consonância com os valores de compromisso com Deus".
Fico pensando que compromissos com Deus incluem serem justos e honestos.
E abusar do poder que detêm, em detrimento da pessoa que participa do reality-show, é esquecer qualquer compromisso que a bíblia ensina.
Contratos unilaterais são comuns na indústria musical.
Você cede todos o seus direitos para que alguém ganhe dinheiro em cima de algo que você faz.
Capitalismo da melhor qualidade.
Exploração da mão-de-0bra.
As gravadoras gospel deviam ser honestas e parar com esta balela de louvor e adoração que usam em suas chamadas e sites, para assumirem seu papel de empresas que visam o lucro para seus donos.
Exatamente como EMI, BMG, SONY ou SOM LIVRE (ou alguém acha que a senhora Aline Barros foi para a Som Livre para divulgar o evangelho?).
E usar a ingenuidade das pessoas, já que muitos acreditam na palavra de pastores e lideres evangélicos, que tudo que fazem é para a glória de Deus, é achar que ninguém percebe dos subterfúgios usados.
No final cada um vai prestar contas de suas ações.
E tem gente que ainda reclama que o rock é do diabo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.