O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

19 de mai de 2009

MULHER: O BOM CAMINHO DO MAL

Quantas vezes não escutamos: aquela mulher acabou com a vida dele!
Ou: depois que ele começou a namorá-la, tomou jeito.
As mulheres se tornaram um divisor de águas na vida dos homens.
A encruzilhada masculina.
Robert Johnson (aqui tocada por Eric Clapton), o bluesman que eternizou a encruzilhada, viveu para as mulheres e foi assassinado por causa de uma delas.
Nossas pobres vidas masculinas, bem sucedidas ou fracassadas estão intimamente ligadas as mulheres.
A influência e a fluência de nossas vidas depende delas.
E os machões de plantão que na rua são verdadeiros Rottweillers e em casa são poodles com suas mulheres.
Por mais que queiramos ser independentes dela, nossas vidas acabam se entrelaçando com as delas, e não conseguimos ser completos sem elas.
Na sexta passada, fui ser testemunha na entrada de processo de casamento de um amigo.
Sua vida em breve será mais dependente dela, do que o verso.
Ele poderá ser o mantenedor da casa, mas será o submisso.
O bíblico apostolo Paulo, talvez fosse menos ranzinza se tivesse uma mulher para amenizar seus pensamentos sobre elas e da vida ao lado delas.
Todos nós homens mudamos quando conhecemos alguém que seja importante o bastante para causar este efeito.
E isto não acontece sempre.
Talvez uma vez na vida para cada homem.
Por mais que algumas causem certos danos, e queira colocá-las na linha do trem e nunca mais vê-las, quando o trem estiver chegando, vamos acabar salvando a mocinha dos trilhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.