O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

5 de fev de 2009

AS JUJUBAS DA SATISFAÇÃO

Um amigo meu, gordo, explicou-me o porque das pessoas deprimidas procurem doces. Pode ser que a explicação possa ser contestada, mas acho que deve ter um fundo de verdade.
Talvez não na sua totalidade.
O açúcar produz a sensação de satisfação. Preenchimento físico.
Preenche os vazios do estômago e da alma.
Quando estou insatisfeito compro um quilo de bananada, não para vender no trem, mas para comer sozinho.
Esta semana, comprei jujubas.
Estava há muito tempo com vontade de comer. Comprei meio quilo de jujubas coloridas e açucaradas.
Conheci uma pessoa que tem vários distúrbios emocionais, e que procura controlá-los através de medicação.
Tarja preta.
Nada de cores vibrantes iguais a jujubas.
Tarja preta.
Metade é doença, outra é uma total inadaptação a si mesmo.
Talvez umas jujubas coloridas preencham o vazio da alma que ele tem.
A tarja preta, não.
Na verdade ele não quer compromisso com ninguém, mas quer que os outros tenham com ele.
Ele quer os milagres de Deus, mas não quer carregar a sua própria cruz.
A solidão e a insatisfação de muitos acaba sendo transferida para comida, bebida, drogas, sexo ou alguma coisa que tampe o buraco do vazio, pelo menos por algum momento.
Apesar de morar sozinho com os pitbulls já há alguns anos, nunca me senti solitário.
Não é um estilo de vida.
Até porque quero casar de novo. Com a pessoa certa.
Tem gente que diz que tenho que casar logo.
2009 está passando rápido.
Em 2010 penso nisso. Resolvo isso.
Como também tem gente que diz que vou me tornar diabético p-ela quantidade exagerada de doces que como.
Não engordo com eles.
Cortei refrigerante lá em casa.
Só agua.
Só bebo refrigerante socialmente.
As bebidas gasosas engordam.
Aliás, eu devia ser mais gordo.
Pães e doces fazem parte da minha alimentação quase que diária.
Há uns tempos atrás andava ansioso.
Mas quando as coisas se resolvem ou se esclarecem, fica mais fácil não ser ansioso.
Mesmo que a solução seja somente daqui há alguns meses.
Maneira de enfrentar os supostos dramas da vida.
O conhecido com distúrbios emocionais tem problemas maiores que a solidão em que acha que vive.
Ele não consegue conviver consigo mesmo.
E isto, nem um quilo de jujubas resolvem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.