O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

23 de jan de 2009

A INCERTEZA DA CERTEZA

Quanto mais estamos certos de alguma coisa, maior é a nossa insegurança.
A responsabilidade aumenta e com isto, as nossas dúvidas, por menos que sejam exteriorizadas, elas nos lembram o quanto somos falhos.
Entrei na onda de arrumação lá em casa.
Entre árvores podadas, estão os papeis, cartas, bilhetes, compromissos, contas que guardei nos últimos anos.
Estas papelada serve para nos lembrar, ou para aumentar as nossas dúvidas.
Ninguém vive sem nenhuma questão que o aflige, contrapõe a razão, ou joga por terra tudo que tinha meticulosamente planejado.
Planejamento é para aqueles que gostam de olhar fixamente para um ponto, talvez olhando para qualquer outro lado se distraia e perca de vista o final.
As vezes, acho que não escrevo nada com nada.
E que tudo não faz sentido algum.
E guardar coisas também não faz.
Mas se tornar um desmemoriado, também não é saudável.
Estar alheio também não é.
Por mais que as pessoas queiram ser individualistas, no fundo gostariam de ter relações estáveis, amores imperfeitos e discussões de relação.
Tenho alguns amigos e conhecidos, que tem um discurso sexista/machista em relação as mulheres. Entretanto, por baixo da postura, querem uma namorada e não, carne que satisfaça os prazeres carnais.
Porém, imagine o cara se tornando um dominado pela amada.
Que vai dizer para os amigos?
Ele devia dizer: morram de inveja!!!
As lembranças de bons momentos ficam escondidos nos porões da macheza prepotente de alguns.
Eu não sou um baluarte do romantismo, mas entre os papéis que estava separando, encontrei bilhetes e cartas de ex-namoradas.
Tenho centenas de papeis com tablaturas para guitarra, aulas, métodos, cartas, bilhetes, misturados com contas antigas, dividas antigas, lembranças antigas.
Ou novas.
Geralmente, algo que estava perdido e que nem lembrava, aparece entre tantos calhamaços empoeirados de folhas.
Neste instante, você para, olha e lê, se pergunta: estou fazendo certo?
Ou devia ter escolhido de outra forma?
Entre o incerto e o certo, só a certeza que qualquer coisa certa ou incerta, só descobrirei daqui há alguns meses ou ano.

3 comentários:

  1. opa, tab pra guitarra, manda q tem quem queira !
    haushuahsuas

    ResponderExcluir
  2. Sabe de uma coisa?
    "A incerteza da certeza" que vive, está baseada na saudade adquirida, com o passar do tempo...
    Um consolo?
    - Faz parte.
    rsrsrs.

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.