O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

4 de nov de 2008

AGNOSIA VISUAL

Algumas pessoas insistem em descobrir pelos em casca de ovo.
A própria prepotência latente de seu ego, empurra suas conturbadas vidas a sempre achar que em tudo existe conspiração.
Que as coisas só acontecem porque alguém quer levar vantagem.
Que todos são desonestamente verdadeiros.
Nem vou escrever que acho, mas confirmar que a conspiração realmente existe.
E que algumas coisas só acontecem para outros usufruírem de uma situação vantajosa.
E que todos são mentirosamente falsos.
Há algumas semanas assisti um debate caloroso e inócuo sobre uma ONG ocupar ou não um espaço.
Entre comentários dantescos e cheios de segundas intenções, um cidadão levantou e disse:
- Vocês só querem tirar a ONG daqui porque o presidente é um desafeto de vocês!
Nenhum dos querelantes, negou o fato.
Nem rebateu as acusações.
Nem teve a dignidade de assumir a postura contrária.
Aliás, religiosos plantonistas geralmente agem, ou melhor, conspiram sempre em cantos, falando baixo.
Quando falam de maneira audível, é para expor a tão bem articulada idéia conspiratória, depois de arrebatar incautos e simpatizantes para que comprem suas idéias com prazo de validade vencido.
Um destes religiosos plantonistas, chegou para mim e soltou seu alfarrábio de reclamações contra idéias de modernizar as acomodações do templo da igreja que frequento. Trazer a modernidade e conforto parece um absurdo.
As pessoas preferem bancos de madeira, ambientes quentes, mal iluminados, som que parece rádio de pilha.
Engraçado que em suas casas ambicionam TV de plasma, Blue-ray, som 7.1, sofás com almofadas soltas ou ar-condicionado Springer Ultra-Gold XSuper Ice.
O melhor que quando lemos na bíblia sobre a descrição do templo construído por Salomão em nada se parece com aquilo desejado pelos religiosos plantonistas.
Mas quanto pior, melhor para estes.
Imagine sobre o que eles irão reclamar?
Sobre o que murmurarão?
Outro dia, quando o pastor entrou sem gravata disse: caramba, o pastor está sem gravata! O ar de decepção ficou evidente. Interessante que ele não reclama quando as moças estão de mini-saia na igreja ou roupas colantes.
Participar e fazer parte das mudanças, eles não querem.
Eles querem apenas ver o circo pegar fogo.
Assim, vão ter sobre o que falar, dizer que fazem parte de algo.
Eu não quero fazer dos palhaços que só ficam felizes quando a tenda está ardendo!
Prefiro carregar o balde de água.
Fazer parte da fila que está transportando água.
O mais dificil será os religiosos plantonistas transformarem suas condutas umbiligais.
E olharem no espelho reconhecendo que precisam mudar.
Para melhor. 

2 comentários:

  1. Você tem muita razao no seu texto...

    Estamos vindo aqui dar um alô de que a blogagem da Adocao comeca na Segunda-feira e termina no Sábado.


    Escolhe por favor um dia para postar o seu texto e nos avise por favor.

    Um abraco do Dacio
    http://casadefestas.blogspot.com/

    e da Georgia
    http://blog-blogagem.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Desculpe,

    vim ler a postagem sobre adoção.

    Abraços.

    Eliana

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.