O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

24 de out de 2008

VERDADE ABSOLUTA

O sentido de tudo que escrevemos, falamos ou sentimos, nunca está do outro lado.
Por mais que possamos achar isso.
Talvez, por isso o mundo seja cor-de-rosa ou azul pra gente.
Somente nós compreendemos os nossos escritos, nossas falas e sentimentos.
Por mais que gostemos, sempre achamos que somos retribuídos da mesma forma.
As vezes descobrimos que as coisas não são bem assim.
Mas se a vida fosse só acertos onde estaria a graça de superarmos nossas decepções e erros?
A verdade só se torna absoluta quando cremos nela de forma incontestável.
Estava lendo um dos blogs que assino, e fiquei pensando nesta verdade absoluta que muitas vezes criamos em nossas cabeças, sobre a pessoa perfeita, a mulher ideal ou o príncipe encantado (no caso das mulheres).
A expectativa que depositamos em sentimentos e relacionamentos, torna-se a válvula de escape a pressão, que a sociedade faz, cobrando em namorarmos, casarmos constituir família.
Tem uma senhora na igreja que freqüento que toda vez que passa por mim, diz: agora só falta você casar.
Como se fosse a última coisa que não realizei na vida.
Já casei e me divorciei (misericórdia, diriam alguns).
O que resta seria encontrar a pessoa certa para casar de novo.
Conheço um cara que vai casar para pararem de pressioná-lo a casar.
Alguns chegam para ele e dizem: não é bom para um pastor viver só. Case-se!!!
Uma amiga casou com uma cara, acreditando que era vontade de Deus para sua vida, e entre namoro e casamento passaram uns 7 meses.
O casamento durou menos que isso.
A confiança depositada na relação ou no apadrinhamento divino foi maior que a dura realidade do casamento.
Outra amiga casou e somente no casamento descobriu que havia casado com um doente mental.
Entre tapas e beijos, largou tudo para sobreviver.
O fim de relacionamentos não é o fim.
E muito menos significa o início.
Eu não transformo as coisas em verdade absoluta.
Não existe nenhuma conspiração universal para juntar pessoas.
Geralmente, os fatos surgem para separar as pessoas.
Ou retardar o que seja inevitável.
O começar, às vezes, é o mais difícil.

Um comentário:

  1. Verdade Absoluta... só nós entendemos aquilo que escrevemos...

    Olha... Dia 31 vem chegando, prepare-se para a blogagem coletiva!

    "Junte sua mãe, seu cachorro e sua sogra
    Traga todo mundo o coro vai comê !"

    Grande abraço a todos e estou no aguardo.

    Ronaldo - Vida Blog

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.