O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

6 de out de 2008

PÃO & CIRCO: ELEIÇÕES 2008

Terminou a sujeirada.
Pelo menos a maior delas.
Em alguns vamos voltar a votar na festa da democracia.
No tempo romano, os Cesares, usavam o lema pão e circo para controlar a multidão. O povo. A raia miúda.
Passado alguns séculos, a lição romana foi aprendida e aplicada nos currais eleitorais.
Durante o período eleitoral, até os blogs foram ameaçados por falta de compreensão dos magistrados no entendimento qual seja a nossa função na sociedade virtual.
Mas esquecendo o mal entendimento, ontem, para se livrarem dos últimos santinhos, antes que eles não tivessem qualquer valor, cabos eleitorais jogavam ao ar, centenas de milhares destes papelzinhos que estapampavam candidatos sorridentes, maquiados no Photoshop com promessas tão inverossímeis quanto Papai Noel existir. 
Estes santinhos, são alguns dos milhares que jogaram na minha caixa de correio, por cima do muro. Não escolhi estes por alguma razão certa.
Apenas aleatoriamente peguei este e coloquei aqui no blog.
A comunidade toda estava na rua.
Pessoas que não via há uns 2 ou 3 anos, vinham me cumprimentar, e perguntavam: você já votou?
A boca de urna estava intensa lá na rua.
As calçadas estavam cheias.
Pessoas se acotovelavam na busca de algum eleitor incauto que ainda não tivesse votado.
Saí para ir até a padaria. 
Coloquei o fone no ouvido, escutando Black Label Society, para não ter que ser interrompido pelos famintos vampiros eleitorais.
Quando voltei para casa, minha filha perguntou se estava apoiando Bencardino, um candidato local do Lins.
Eu disse que não.
Ela então me perguntou porque estava com um adesivo dele na manga da camisa.
Outra movimentação como esta, pessoas correndo na rua, se acotovelando em busca dos incautos, somente no dia 27 de setembro.
Dia de Cosme e Damião.
Marmanjos e marmanjas, com criancinhas a tiracolo, correm atrás de doces.
Ao final do dia, sentam nas calçadas e começam a contar os despojos da açucarada guerra.
Nero seria um grande politico nos dias de hoje.
Com certeza ficaria no poder durante décadas.
Ele sabia dar ao povo pão e circo. 
Mas a relação da manipulação popular acaba sendo apenas um registro feito por algum sociólogo ou antropólogo que vai relacionar a época e as situações.
Religião e Política estão intimamente ligadas.
Apesar de alguns quererem distinguirem os dois.
Pão/Circo=Religião/Política.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.