O Pé

O Pé
Tudo que pisamos, nos apoia.

7 de mai de 2010

CANASTRÕES

Comemorando 3 anos de BLOG, resolvi resgatar alguns textos.
"Engraçado como 2 filmes baseados em quadrinhos podem ter uma diferença de qualidade tão grande. Assisti ao Motoqueiro Fantasma e a 300. Os dois baseados em Comic Books. Antes de ir ver 300 fui ler o CB por causa das reportagens sobre o dito cujo, do making of que exaltavam a plástica do filme.

Ao assistir 300 fiquei impressionado. Os mesmos enquadramentos do CB estavam no filme, como as caracterizações dos personagens. Frank Miller está acima da média. Quem não assistiu deve ir ver. Não resisti e baixei o filme pelo Emule para ter guardado. O Comic Book também. Mas vou acabar comprando o livro. R$ 63,00 na Saraiva (vou mandar a conta para a livraria pelo anúncio, Claudia).
Por outro lado, fiquei surpreso com os 120 milhóes de dólares que gastaram para fazer o Motoqueiro Fantasma. Que m...ops ...
Nicholas Cage interpretando a si mesmo, o canastrão em pessoa, com aquela peruca tira qualquer tentativa de se levar a sério o filme. Aliás, toda vez que Cage coloca uma peruca ou implante não assista o filme. Não pode ser bom. É só lembrar o sofrivel Conair que ele coloca um implante capilar até os ombros, pousa um avião, um boeing, numa rua de Las Vegas. Lembram?
Mas não posso pendurar Cage no poste e malhar. Quem nunca teve seu momento canastrão. Quem nunca colocou uma peruca, um implante e teve seu
momento de glória interpretando Clark Gable em O vento levou...Ou seu momento de Meg Ryan em Mensagem para Você. Conheço alguns que tem interpretações memoráveis como Billy Zane em O Fantasma com aquela roupinha lilás apertadinha, fingindo que ser homem..ops...
O Orkut é um verdadeiro baile de máscaras e canastrões. Ou se inventa um personagem para não se expor ou expõe o personagem ao máximo. Um verdadeiro dilema conceitual sobre o que seja correto ou não. Uns dizem que devemos ser verdadeiros. Outros não.
Para variar não quero dizer nada.
Mas isto pode ser tudo.
A imagem que se cria ou o canastrão que somos está intimamente ligada ao contexto cultural em que vivemos. Ao meio social.
A combinação de cabeça raspada, tatuagens, guitarra velha com pintura descascada, comportamento anti-social leva a ver um Skinhead. Nazista. Violento. Truculento. E com 2 pitbulls. Nossa! Porque ainda não prenderam este cara?
E se você for um cara divorciado? Se ele largou já uma, vai largar a próxima também. Homem é tudo igual. Náo presta!
As vezes é melhor personificar Tom Hanks em O Náufrago. Ficar sozinho falando com plantas e bolas de volei. Ou de futebol. Ainda não cheguei neste estágio.
É realmente mais aprazível e fácil viver apenas com respostas simples e visões sempre baseadas em experiências dos outros. Viver nossas próprias experiências é sempre perigoso. No limite. Mas são nossas.
Por que viver experiências e a vida dos outros?
Assim você não vai descobrir se fez certo ou errado?
Se ia dar certo ou errado?
Acho que as nossas experiências fogem ao controle.
Talvez seja bem mais misterioso.
E duvidoso.
(chega de talvez e porques!)
Na dúvida O Motoqueiro Fantasma resolveu continuar com o pacto.
E escolheu o lado errado para ficar.
Mas foi viver.
Mesmo morto."

Publicado originalmente em 09/05/2007

16 comentários:

  1. Observação adicional o filme 300 tem os caras mais malhados de Holywood.... huahuahua
    Fez diferença...
    Bons comentários, porém precisa de mais otimismo na próxima.

    ResponderExcluir
  2. Saradões?!?!?! era tudo CG e maquiagem em 300...mulher não entende nda destas coisas. è capaz de namorar um cara gordinho!

    ResponderExcluir
  3. Seguindo sua linha de raciocínio completando, o conceito de canastrão é diretamente ligado a uma interpertação pessoal. Particularmente, acho q homens q cuidam de jardins canastrões. Tudo depende dos valores, muitas vezes equivocados, q a sociedade injerta em nossas mentes. Creio ser necessário um tipo de libertação, quase de nível espiritual, para que a massa seja livre e possa cuidar de jardins sem preconceito. Creio q deva começar por mim. Porém, estou esperando alguem tentar para ver o resultado. Se esse enlouquecer, fico como estou.
    "É mais fácil desintegrar um átomo do que quebrar um preconceito". Albert Einstein

    ResponderExcluir
  4. Homem é invejoso né...
    Só pq os caras malharam pro filme, reconhece cara...

    ResponderExcluir
  5. Eu não tenho inveja de maquiagem ou CG (computação gráfica). E aposto que você namora um cara gordinho, barrigudo, por isso ficou impressionda com os malhados de holywood. Eu me identifico, você já está se escondendo no anônimo. Devia manter seu nome: livia. Eu naõ te conheço pessoalmente mas imagino que você seja bonita, mas com namorado obeso.

    ResponderExcluir
  6. Eu concordo com o comentário do outro anônimo: Fernando, tranquiliza o coraçãozinho, take off your shoes and relax your feet!

    ResponderExcluir
  7. Calmo estou. As mulheres se unem para defender aquelas que tem problemas de aceitar o namorado gordinho. Você também deve namorar uma cara gordinho, Dona Cláudia. Aqui só aparecem mulheres que namoram homens gordinhos.

    ResponderExcluir
  8. concordo com anônimo! homens são mto invejosos mesmo ! quem me derá ter um musculoso daqueles em minha vida !tudo de bom .com.br , pra mim estam na medida certa ! gostei do filme ! motoqueiro fantasma deixou um pouco a desejar ...mas já vi piores !

    ResponderExcluir
  9. Agora tem mais uma que se junta ao clube das mulheres que namoram homens gordinho e por isso acham 300 espetacular. Eu fico espantado como os namorados de vocês não falam nada. Aliás, eles nem devem saber que vocês não gostam da obesidade deles.É bem provavel que vocês sejam gordinhas também. Mas apenas na massa encefálica. Não olham para o que homens gordinhos tem para oferecer.

    ResponderExcluir
  10. Fernando vc é gordinho???
    Não somos preconceituosas...
    huahuahua
    Vamos para de polemizar o blog alheio. Não to aqui pra isso e se vc tivesse razão os homens se uniriam a vc, lei do corporativismo. Chega de polêmica não vou mudar minha opinião pq alguém q nem conheço se ofendeu com o taquinho alheio.

    ResponderExcluir
  11. Taquinho alheio? você é uma pessoa agressiva e mal educada. Debaixo deste seu discurso feminista você é muito agressiva. Nem deve namorar ninguém e muito menos um cara gordinho. Deve ser solteirona encalhada que vive de sonhos com os caras do 300.

    ResponderExcluir
  12. Huahuahuahuahuahuahua
    Depois a agressiva sou eu. Sem comentários...
    Analisando a situação, discussão inútil. Ninguém merece...

    ResponderExcluir
  13. Encalhada e feminista. Realmente não há mais necessidade de discutirmos. Eu tenho alguém, e você não. Quem sabe um dia você consiga ser uma pessoa mais legal e aí então consiga ser feliz.

    ResponderExcluir
  14. Gente, paz e amor! Fernando, você tem que deixar o SEU preconceito de lado. A única pessoa que falou mal dos gordinhos aqui foi você. Terapia? Talvez! hehe Lívia, isso aí, discussão inútil. Bjo povo!

    ResponderExcluir
  15. como faço parte de uma minoria silenciosa que sempre é maltratada vou me calar pois aqui só vale o ponto de vista de vocês duas que se juntaram numa bravata contra mim. Uma bravata pessoal.

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante, mesmo que seja nada, ele pode ser tudo.